Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

"Espiritismo" e futebol: juntos em prol do atraso intelectual do povo brasileiro

Um famoso palestrante espiritólico - tinha que ser - daqueles bem igrejistas, escritor de mensagens piegas que em nada ajudam a evoluir o espírito, falou em seu blogue, aquele mantra doentio de que diz que "futebol tira os jovens das drogas". Não vou falar o nome dele para não dar problemas, embora desejasse que ele lesse este texto.
O futebol, do contrário que muitos pensam, é mais nocivo do que benéfico. Se fosse visto apenas como uma forma supérflua de lazer, não seria nocivo. Mas a sua exagerada importância dada coloca o futebol em um contexto que lhe é inadequado, gerando muito mais danos e quase nenhum benefício. Até porque quando foi inventado, o futebol era para ser apenas uma forma de diversão. E só isso.
Os brasileiros foram educados a dar uma exagerada importância ao futebol. Tratado como obrigação e como "identidade nacional", o futebol acaba estimulando os brasileiros a procurarem alguma justificativa para a sua exagerada importância. Como os brasileiros…

Para FEB, copa é "cumprimento de profecia" dos espíritos "superiores"

O Espiritolicismo, mais tolicista (de tolice) do que nunca, sempre lançou não de grandes asneiras para defender supostos dogmas criados para satisfazer os interesses particulares de quem administra. E para garantir ainda mais a submissão de seus fiéis, eles tem que lançar suas iscas para "pescar" seus ingênuos fiéis através dos interesses mais mesquinhos e fúteis dos admiradores da FEB e de seus ídolos.
Que o Espiritolicismo sempre gostou de se relacionar com o futebol, vício maior dos brasileiros, isso se sabe. Xavier, estranhamente, tinha escolhido a final fraudulenta da copa de 2002 para morrer (eutanásia? - "faça o que eu digo, não faça o que eu faço"), pensando causar um tumulto se morresse em um "dia normal". Chacrinha era muito mais popular que o médium mineiro e morreu em um dia comum sem que seus muitos fãs causassem qualquer estrago.
Agora a FEB, que de "Espírita" só tem o nome, foi longe demais, alegando que a copa a ser realizada no pa…