Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2015

A infeliz retomada do "Espiritismo brasileiro

Diz a sabedoria que erros devem ser eliminados logo no início, pois crescidos e multiplicados, se tornam difíceis de serem eliminados. E o "Espiritismo" brasileiro se mostra um câncer cada vez mais difícil de se combater.
O "Espiritismo" brasileiro surgiu fundado por dissidentes católicos que acreditavam em reencarnação e que estavam insatisfeitos com os excessos da igreja dos padres. Resolveram fundar a Igreja dos Espíritos, seguindo dogmas sugeridos pelo dissidente católico por Jean Baptiste Roustaing, contrariando Allan Kardec, seu objeto de bajulação, que queria que o Espiritismo original fosse uma ciência e não uma seita como está sendo até hoje.

Foram 131 anos de muitos erros acumulados. Um período muito longo capaz de consagrar estes erros como "acertos". Finalmente convertido em uma igreja estranha, o "Espiritismo" brasileiros tem tido papel importante no travamento intelectual de seus seguidores, criando um novo tipo de fé cega que se ali…

A diferença entre o "Evangelho no Lar" e um estudo sério da doutrina

Não adianta negar. O que os brasileiros conhecem como "Espiritismo" na verdade não passa de um Catolicismo light que acredita em espíritos e em reencarnação. Muitos dos dogmas e ritos do "Espiritismo" brasileiro são diretamente importados do Catolicismo, com algumas alterações. E um desses ritos é o chamado Culto ao Evangelho no Lar
Criado supostamente para "estudar a doutrina", o tal "culto" na verdade é um ritual, algo que é totalmente reprovado pelo Espiritismo original. O culto se assemelha a uma novena, onde em uma data fixa (não existe data fixa para o Espiritismo original), familiares se reúnem para ler mecanicamente o Evangelho Segundo o Espiritismo, de Allan Kardec, mas analisando de acordo com os dogmas da versão chiquista (de Chico Xavier) da doutrina. Ou seja, sem o aprofundamento intelectual necessário.

O culto é feito com um excessivo formalismo e começa e encerra com orações, como se fosse uma mini-missa no lar. mas difere muito d…

"Você e a paz": um engodo ecumênico

Hoje a noite, como em todo 19/12 de cada ano, acontece o evento Você e a Paz. Criado para ser supostamente um movimento para estimular a paz entre as pessoas, na verdade não passa de uma missa ecumênica para celebrar o Natal. Inclui membros de várias religiões, sobretudo cristãs e a liderança do evento sempre cabe ao médium-estrela Divaldo Franco, um dos maiores deturpadores da Doutrina Espírita, apesar de ser bastante carismático.
O evento não deveria ser levado a sério, pois, como falei aqui, não passa de uma missa ecumênica. Depois de anos sendo realizado na praça do Campo grande, em Salvador, Bahia, o evento tem sido bastante inútil na transformação das pessoas, pela pieguice e pelo proselitismo religioso que apesar de ecumênico (inclui várias seitas), nada tem de laico e muito menos de racional.

A paz de fato só será conquistada com o desenvolvimento intelectual, com o divórcio definitivo da fé (que é sinônimo de credulidade) e do desprezo aos dogmas religiosos que na verdade são l…

O difícil combate ao Pseudo-espiritismo na Bahia

Graças ao estudo sério das obras de Kardec, percebemos que muitas coisas que se apresentam em nome do Espiritismo no Brasil não passam de enxertos e distorções. Nos últimos anos, graças a internet, está havendo uma dedicada luta para o resgate da filosofia original kardeciana e a recusa desses acréscimos inúteis que só prejudicam a compreensão da doutrina.

Em vários estados temos combatentes: no Rio de Janeiro, no Rio Grande do Sul, em Pernambuco, Fortaleza e alguns outros, encontramos pessoas dispostas a estudar melhor o Espiritismo e eliminar definitivamente a fé cega de algo que surgiu como ciência, após muitas e muitas pesquisas.


Mas em um estado, onde vivi durante anos, a Bahia, o festival de distorções resultante da não leitura adequada das obras de Kardec (embora haja um puxa-saquismo em torno dele) ainda se mantém forte e muito longe de acabar. E há um forte motivo para isso.

Os maiores médiuns estrelas são da Bahia


O motivo tem nome. Ou melhor: dois nomes: Divaldo Franco e José M…

A Desonestidade Doutrinária do "Espiritismo" brasileiro

Não há nenhum problema em ter fé e defendê-la. Desde que não interfira na realidade cotidiana, a religiosidade é saudável e enriquece culturas, servindo de consolo para aqueles que ainda não conseguiram ter uma melhoria de vida. Uma espécie de distração a fazer enquanto se espera pela prosperidade.
Mas a fé deve ser honesta e fiel consigo mesma. Infelizmente há uma religião em que se observa uma traição aos princípios alegados, transformando-a em uma seita desonesta, onde na teoria se defende um ponto de vista e na prática o seu oposto: O "Espiritismo" brasileiro.

O "Espiritismo" praticado no Brasil é uma versão deturpada da doutrina, onde em tese se vê um culto à Allan Kardec, codificador da doutrina original, ao mesmo tempo que é escancarado o desprezo as obras do mesmo, preferindo a adoção de teses estranhas, na verdade escritas pelo algoz de Kardec, Jean Baptiste Roustaing, o verdadeiro mentor que os "espíritas" brasileiros não querem admitir.
Tudo que o…

O que os "espíritas" brasileiros devem fazer para merecer respeito

Muitos "espíritas" chiquistas, que vivem deturpando as obras doutrinárias, vivem exigindo respeito. Cientes que a Constituição Federal lhes dá direito a crença, alegam que as críticas recebidas são uma forma de intolerância e portanto uma ofensa ao direito de crença. Até ai, eles estão certos e eu concordo com isso.
Mas o que os "espíritas" de Chico Xavier deveriam saber que as críticas não são direcionadas a fato deles crerem ou não. Criticamos na verdade a postura dúbia e portanto desonesta que eles adotam sem assumir. Vivem se assumindo "kardecistas" discordando o tempo todo do que Kardec escreveu. Se limitam a debater moralismo cristão para depois fingirem ser "cientistas que estudam a vida pós-morte", quando na prática, nada se vê de científico.

Há muitas décadas tentam alimentar um erro grave de falsidade doutrinária, fingindo seguir o que nunca praticam. Contradições se acumulam entre o Espiritismo de Kardec e o "Espiritismo" prat…

O esperanto e o mito da Torre de Babel

Eu havia falado recentemente sobre o esperanto e o grande interesse do Espiritolicismo (forma deturpada do Espiritismo que ainda é forte no Brasil). Uma coisa que eu não havia reparado e foi alertada pelo meu irmão é que o interesse desse "Espiritismo" caricato e algumas religiões cristãs pelo idioma pode estar relacionado com o mito da Torre de Babel e com a utilização do idioma como forma de confraternização universal, o que parece ser uma bobagem. Segundo meu irmão, o interesse das religiões pelo esperanto pode representar uma tentativa de reverter o que aconteceu no mito da Torre de Babel.

Como uma pessoa formada em Letras (embora não tenha vocação nesta área - sou mais um administrador por vocação), sei que a estória da Torre de Babel não passa de uma lenda a entreter quem gosta de acreditar em mitos. Idiomas não surgiram desta forma, mas como religiões são mitologias, lendas ganham status de "fatos". Mas vamos conhecer a lenda para tentar entender isso.
A lenda…

Esperanto, pode ficar esperando...

Uma discussão em uma comunidade - realmente - espírita no Facebook (espírita, não chiquista da FEB), me fez pensar em escrever um tópico falando sobre o esperanto. Apesar de não ter sido criada para o "Espiritismo" brasileiro (assim como o latim não foi criado para o Catolicismo), os seguidores da FEB e de Chico Xavier são os maiores difusores do esperanto, pelo menos no Brasil dos dias de hoje. Tal como o latim foi para os católicos, os pseudo-espíritas pretendem fazer o mesmo com o esperanto.
Não vou aqui me alongar sobre o que é o esperanto. Coloco a disposição este link para vocês conhecerem melhor sobre a língua. Vou me limitar aqui a falar da relação entre este idioma criado artificialmente e o Pseudo-Espiritismo, falando dos aspectos do esperanto que se relacionam com a forma deturpada de Espiritismo que é erroneamente difundida no Brasil.

Criada para facilitar a comunicação entre falantes de diferentes idiomas, o esperanto acabou se tornando personagem de um fantasioso…

Não somos brasileiros. Estamos brasileiros. E um dia deixaremos de ser

O patriotismo na verdade é um sentimento materialista. Se ainda temos que cultuar símbolos cívicos e amar um pedaço de terra é porque ainda estamos atrasados e não temos a condição de entender que a nossa verdadeira pátria é o universo em toda a sua extensão. Somos limitados e infelizmente somos educados a sentirmos felizes nesses limites.

Não dá para entender porque muitos que se dizem espíritas se afirmam patriotas e ainda tremem quando ouvem o Hino Nacional que, cá pra nós, é bem rebuscado, prolixo e seu conteúdo está bem aquém e além da realidade de nosso país. Temos um hino cuja letra é pura ficção e ainda endeusamos a mesma.


Adorar símbolos cívicos pode até parecer bonito, mas convenhamos: o que há de respeitoso em adorarmos pedaços de pano, escudos de metal, e um hino sem sentido, além de um monte de areia, se ainda não aprendemos a amar a verdadeira riqueza de nosso país: as pessoas que vivem nele?

Do contrário que muitos "espíritas" lunáticos pensam, o Brasil não está …

"Espiritismo" brasileiro, a doutrina do "ouvi dizer"

Já repararam que boa parte dos dogmas do Espiritolicismo, são na verdade consagrados pela difusão boca-a-boca, sem qualquer tipo de estudo ou análise? 
O Espiritolicismo, nome que poderia ser dado a essa forma destrambelhada de Espiritismo que predomina no Brasil graças ao não estudo das obras kardecianas e a inserção de um monte de enxertos estranhos, em sua maioria Católicos (Chico Xavier e os fundadores da FEB eram dissidentes católicos), além da pieguice doentia que trava o cérebro e cega corações, tem dogmas totalmente surgidos "do ar", difundidos e espalhados através de palestras e conversas entre gente comum.

Apesar dos livros psicografados (e não-psicografados também, além dos pseudo-psicografados - como há coisa!) serem superestimados e aceitos sem qualquer tipo de verificação de autenticidade de seu conteúdo, boa parte dos dogmas se consagra pelo prestígio de centros, personalidades, espalhados de pessoa para pessoa, como uma regra social.
E aí é aquela coisa: "o…

Forma deturpada do Espiritismo enfraquece cada vez mais na internet. Fora dela, ainda segue com plena força

Se depender da internet, espíritos como Bezerra de Menezes, "André Luíz", Emmanuel, Yvonne Pereira, Chico Xavier e palestrantes como José Medrado e Divaldo Franco, terão que fazer seu proselitismo para as paredes. Os principais deturpadores da Doutrina Espírita e seus similares menos famosos estão comendo a poeira lançada por inúmeros debates que pretendem devolver o caráter científico original à Doutrina Espírita. 
A tarefa ainda é árdua, pois mesmo entre os críticos desses totens e dos abusos cometidos pela FEB (Federação "Espírita" Brasileira, responsável pela deturpação), há os que desejam poupar um e outro aspecto da deturpação, sobretudo o caráter de religiosidade (no mesmo sentido que as religiosidades católica e protestante). Mas mesmo à conta-gotas, os avanços são perceptíveis.

Claro que os espiritólicos, nome que dou aos defensores e difusores da deturpação espírita, ainda são fortes na rede. Sites tentam inclusive forjar teses "cientificas" para …

Bomba! Só agora estamos entrando na categoria "Provas e Expiações"

Isso mesmo que você leu. Não me enganei, não. Somente agora, estamos tendo plenamente as características que definem este planeta como "de Provas e Expiações". E não adnata se contorcerem, pois, se olharmos ao redor, é justamente isso que está acontecendo.
Kardec, seguindo orientações dos espíritos que participaram de sua pesquisa, falou que as transições de fases da evolução espiritual do planeta seriam bem lentas e graduais. E põe lentidão nisso, já que depende da mudança de pensamento de zilhões de indivíduos, a maioria indisposta a qualquer mudança. O período em que a humanidade está na Terra é bem curto demais para que estejamos em direção a uma terceira fase.

O que nos diz que estamos deixando na verdade o estágio de "planeta primitivo", caracterizado pelas barbáries. E nota que ainda temos focos de barbárie - não é preciso ir muito longe: os traficantes ainda usam a barbárie primitiva como regra de atuação. Concluído o processo de transição, somente agora pude…

Porque sociedades mais evoluídas não são religiosas

Evidências mostram que sociedades mais evoluídas do planeta são menos religiosas. Embora os brasileiros considerem as religiões como "sinal de avanço", na verdade ela indica o oposto, pois pelas características, a religiosidade ajuda muito a travar a compreensão  do mundo, desestimulando o desenvolvimento intelectual, consagrando absurdos e cultuando seres imaginários.
É claro que uma atitude que estimula a ilusão fanática, desestimulando o intelecto certamente trava qualquer sociedade. E ainda mais a brasileira que a cada ano entra em um processo intensivo de mediocrização intelecto-cultural que transforma o nosso povo em um bando de ingênuos que preferem fugir dos problemas do que resolvê-los, deixando o Brasil na pior por séculos.
As religiões na verdade não passam de mitologias. Se fossem vistas apenas como entretenimento, elas não fariam nenhum mal. Mas o problema é que os dogmas religiosos representam a realidade para quem acredita. Uma realidade que para eles, não preci…

Evangelho Segundo o Espiritismo é uma análise do Novo Testamento, não uma adaptação dele para espíritas

Que mania os espiritólicos tem de entender tudo errado e (pior!) difundir esses erros! Eles sonham em transformar o Espiritismo, que surgiu como ciência, em uma seita religiosa como outras quaisquer, com direito a dogmas fantasiosos, rituais, sacramentos e até líderes divinizados!
Um dos hábitos dos espiritólicos é acreditar que o livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, escrito por Kardec após análises feitas por espíritos de passagens criteriosamente selecionadas do Novo Testamento bíblico, é o próprio Novo Testamento adaptado para o Espiritolicismo. Alto lá! Não é nada disso que vocês estão pensando!
Kardec fez uma série de pesquisas que resultou no trabalho conhecido como codificação espírita. Mas, não se limitou a estudar o mundo espiritual, as comunicações e seus efeitos. Se interessou pela parte moral, por ser um educador, querendo saber que tipo de personalidade os espíritos tinham e poderiam adquirir com a evolução do caráter e do intelecto (este, um aspecto desprezado pelos es…

Budistas, muçulmanos e outros não-cristãos também verão Jesus após morrerem?

Os "espíritas" brasileiros se consideram cristãos. Tanto isso é verdade que a versão praticada no Brasil pode ser conhecida como Espiritismo Cristão, para diferir do Kardecismo, que apresar de frequentemente bajulado, nada tem a ver com  que é praticado pelos brasileiros.
As mensagens e dogmas acreditados pelos "espíritas" brasileiros seguem fielmente o mais catolizado Cristianismo, com todos os dogmas que se tem direito, só que acrescidos da palavra reencarnação de das ideias sobre vida pós-morte. Embora estranho se aplicado à realidade, a noção de vida pós-morte é bem dogmática, como se a dimensão espiritual fosse um misto de igreja e hospital.
Mesmo falando em ciência, "fé raciocinada", o que os brasileiros conhecem como "Espiritismo" tem uma visão bem delirante do que seja o mundo espiritual, o que coloca a doutrina que deveria ser racional no mesmo patamar das outras seitas cristãs que usam a fé cega para construir e "confirmar" sua…

Espiritismo Ateu ou Ateísmo Espírita: uma realidade

Muita gente estranha esta ideia de ateísmo espírita porque se acostumaram a associar a imaterialidade a religiosidade. Talvez por acreditarem que os espíritos sejam divindades, o que justifica o teor igrejista das mensagens supostamente psicografadas. 
O "Espiritismo" brasileiro, uma colcha de retalhos construída sobre uma base católica, sempre passou a ideia de que era uma seita religiosa, com direito a divindades encarnadas (??!!!) personificadas pelas suas lideranças, além das desencarnadas, representadas por aqueles que são chamados de "espíritos superiores".
As obras de Kardec desmontam este igrejismo que no fundo não passa e uma revisão do Catolicismo em que se reconhece a possibilidade de reencarnações e a comunicação com os mortos. Espíritos e reencarnações são fatos passíveis de serem estudados pela ciência, mas não da forma que é feito no "Espiritismo" brasileiro, irracional na prática e que só usa a ciência e a suposta "fé raciocinada" …

"Espíritas" brasileiros são materialistas

Por mais que batam no peito dizendo que são "espíritas" (a FEB ordena que assumam publicamente a doutrina que não conseguem entender), os espiritólicos, seguidores desta forma deturpada de "Espiritismo" à brasileira, são na verdade bem materialistas. Vários indícios mostram que, mesmo tendo uma certa aceitação do que seja o mundo espiritual, esses seguidores da deturpação querem mesmo é ficar na matéria. Alguns indícios:
- A preocupação exclusiva na caridade material. Os espiritólicos só conhecem a caridade material, aquela que ajuda dando coisas, objetos que na verdade não passa de um benefício perecível, que dura por um tempo limitado. A caridade através da palavra, que eles entendem como "caridade espiritual" se limita apenas a consolar sofredores, sugerindo uma suposta felicidade futura. A verdadeira caridade moral, que inclui o desenvolvimento do intelecto e não aceitação de teses absurdas é ignorada pelos seguidores desta forma deturpada de "Esp…

Supostas psicografias seguem roteiro de Nosso Lar

Já repararam que quando divulgam alguma psicografia, ela sempre segue o roteiro igrejista descrito no livro Nosso Lar? Para quem não sabe, Nosso Lar é o famoso livrosupostamente psicografado pelo hiperestimado médium Chico Xavier sob a mais suposta ainda assinatura do "espírito" conhecido como André Luiz, cujas evidências lançam suspeita de ser um personagem fictício e que é considerado a "Bíblia" dos pseudo-espíritas.
O que é relatado nas supostas comunicações espirituais se limita a obedecer um só padrão que pode ser resumido neste esquema:
- Morri, fui aos confins do inferno, me arrependi, conheci Jesus e fui aos "planos mais elevados".
Com pequenas variações baseadas nas características superficiais do morto atribuído como responsável pela comunicação, as mensagens são obrigadas a seguir este esquema. Mas porquê?
Simples. Para forjar a veracidade de Nosso Lar e garantir a vendagem deste livro cuja renda não vai para a caridade como muitos pensam e sim ara…

O "Estudo" do Amor

O "Espiritismo" brasileiro adora se disfarçar de ciência. Não porque goste de ser científico, mas porque dá status e autenticidade. Na verdade se tornou uma igreja tão piegas e fantasiosa quanto qualquer outra e suas reuniões, palestras e congressos sempre desprezaram o caráter científico, preferindo fazer "ciência" com pieguice lacrimejante.
Como para falar de amor não precisa de muitas palavras, a ordem é enrolar ao máximo, com textos bastante rebuscados e prolixos (a patota jesuíta do Emmanuel adora isso), para que muitos livros, muitas palestras e muitos congressos se façam só para falar de amor, sempre repetindo as mesmas coisas.
E não pensem que é o amor real, verdadeiro. Na verdade é um amor piegas, tolo, ingênuo e totalmente separado da razão e do bom senso. É o altruísmo que não melhora, o amor que não transforma e o sentimento que não muda as pessoas. Na verdade é apenas um festival de tolices típicas de novela lacrimosa, feita apenas para os incautos (que …

O Católico é diferente do Espírita?

OBS: este interessante texto mostra a verdadeira face do chamado "Espiritismo" brasileiro, que no fundo não passa de um Catolicismo enrustido que acredita na em reencarnação. Mas com direito a maioria dos rituais da igreja do Papa Bento.
O CATÓLICO É DIFERENTE DO ESPÍRITA?
Luiz Carlos da Silva - Blog Espírito Verdade
O católico vai à igreja para ouvir o sermão do padre. O espírita vai ao centro espírita para ouvir o sermão do expositor.
O católico vai à igreja por obrigação, para ter a proteção de Deus. O espírita vai ao centro espírita por obrigação, para ter a proteção dos Espíritos Superiores.
O católico vai a igreja tomar a hóstia porque simboliza o corpo de Cristo e isto purifica a alma. O espírita vai ao C.E. tomar passe para purificar o Espírito livrando-o dos fluídos pesados.
O católico usa água benta. O espírita usa água fluídica.
O católico reúne a família para cultuar os Santos. O espírita reúne a família para o “evangelho no lar”.
O católico adora os Santos; São Judas Tadeu, …

"Espiritismo" brasileiro não ensina a pescar, mas também não dá o peixe. Lança a isca para os próprios fiéis serem fisgados

Quem utiliza o Facebook costuma ser bombardeado por mensagens publicadas por alguns incautos, retiradas desses livros psicografados mela-cueca que são lançados pro ai, sobretudo os que levam a assinatura de médiuns-farsantes como Chico Xavier e Divaldo Franco. São mensagens puramente sentimentais que nunca estimulam a transformação do ser humano.
São mensagens lindas, comoventes, um tanto moralistas, que são divulgadas há muito tempo pela FEB e tem transformado o Espiritismo, que era para ser uma ciência, em uma seita como outra qualquer, com dogmas sem pé nem cabeça, somados a um moralismo inútil que não consegue estimular as pessoas a se evoluírem.
Mal sabem essas pessoas que postam mensagens fofas psicografadas por médiuns irresponsáveis, que a suposta versão brasileira do Espiritismo é na verdade um engodo feito para enganar, usando enxertos católicos (fé verdadeira dos fundadores e de muitos médiuns-estrelas da FEB) acrescidos de "reencarnação", para satisfazer os interes…

Religiões sofrem criticas. Mas "Espiritismo" brasileiro segue inabalável. Porque será?

Ultimamente as religiões tem sofrido, com justiça e razão, muitas críticas. Religiões no fundo são mitologias e levá-las a sério demais e aplicar suas teses ilógicas à realidade cotidiana tem sido altamente danoso. As críticas vem em um momento em que as igrejas e seitas começam a mostrar as suas falhas, resultante do desprezo à racionalidade que lhe é característico.
Várias religiões e seitas tem sofrido críticas, mas uma delas está saindo ilesa diante dessa onda: o "Espiritismo" brasileiro. Está havendo uma blindagem poderosa que protege a versão deturpada da Doutrina Espírita de qualquer vexame. Mas porque será?
Dirão os incautos que não há do que se "falar mal" dela. Que suas lideranças são pessoas responsáveis e infalíveis e incapazes de fazer algo que não fosse ético ou honesto. Mas será que é isso mesmo? Que os "espíritas" são assim perfeitos? Se a gente utilizar na prática a tão alegada "fé raciocinada" vamos ver que a infalibil…

O adiamento da felicidade

(Clique na imagem para vê-la maior)
Todas as religiões apostam no adiamento da felicidade, embora vivam dizendo que todos os seres merecem ser felizes. Mas a felicidade é sempre adiada, uma espécie de "prêmio" que só será conquistado em tempos futuros, em muitos casos até remotos.
O Espiritolicismo, forma deturpada de Espiritismo praticada no Brasil não é diferente. Contaminada por muitos erros enxertados de outras crenças, sobretudo a Igreja católica, a estranha seita que constrói seu repertório "orientada" por verdadeiros mafiosos do além-túmulo como "André Luiz" e Emmanuel, tinha mesmo que copiar este defeito de outras religiões, mas adaptando um pouquinho às suas características peculiares.
E para piorar, o adiamento é ainda mais longo que o das outras religiões, pois a felicidade fica guardada para outras vidas e muito comumente para uma reencarnação não consecutiva ("na próxima vida você ainda vai sofrer, desgraçado!"). A felicidade momentâne…