Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

Robson Pinheiro exalou ódio onde deveria haver amor

Há um lema nas religiões cristãs que pede para não julgar. Robson Pinheiro, médium que escreveu vários livros de relativo sucesso, resolveu ignorar esta máxima e escreveu livros que demonstram um ódio irresponsável anti-esquerda acusando de criminosos, sem análise, sem provas e sem ouvir o outro lado, políticos democráticos, mas alheios a suas convicções pessoais, numa atitude de fazer Jesus de Nazaré ficar com imensa vergonha.
Após escrever o verdadeiro lixo literário O Partido, na tentativa de "jogar na conta dos espíritos" a mentira infelizmente difundida e repetida, nos moldes do nazista Goebbels, que criminaliza os integrantes do Partido dos Trabalhadores e aliados. Este livro já foi o suficiente para dar a sua "contribuição divina" para estragar a reputação da esquerda e Pinheiro quis mais. Escreveu outro que sugere que o Foro de São Paulo, grupo que reúne os esquerdistas do estado, seja uma máfia. 
Robson Pinheiro, além de demonstrar completo desconheciment…

Com estabilização do governo Temer, aumentam textos "espíritas" pedindo para aceitar sofrimento

O golpe infelizmente foi instaurado e com ele um violento retrocesso que irá, sob pretexto abstrato de resolver a "crise e acabar com a corrupção", nos devolver problemas sanados há tempos. Mas pelo menos uma coisa boa serviu o governo golpista que começa a cometer seus abusos: tirar a máscara do que os brasileiros conhecem como "Espiritismo", classificada pelo sábio José Herculano Pires como "A Seita de Papalvos".
Rejeitando na prática a racionalidade kardeciana, embora a assuma da boca para fora, o "Espiritismo" brasileiro conseguiu se transformar em uma seita cristã igual as outras, com fé cega, dogmas absurdos e personalidades divinizadas que "nunca erram". 
A falta de racionalidade no "Espiritismo" brasileiro é tanta que, diante da incerteza do governo sádico que se instala através de uma ditadura sem vergonha, lideranças "espíritas", ao invés de se reunirem para propor soluções prática para resolver os proble…

"Espíritas" se calam diante do caos temeroso que se instala em nosso país

"Espíritas" cristãos, da linha chiquista, se calam diante do novo governo que se instala em nosso país. Satisfeitos por tirarem os desafetos do poder, já que em sua maioria, os fiéis "espíritas" pertencem às elites estabilizadas em sua prosperidade, agora se tranquilizam preferindo falar de amor, paz, esperança e outras pieguices. 
Para esta elite, os governos trabalhistas só servem para os incomodar. E nem adianta justificar a presença de trabalhistas no poder como a responsabilidade social. A noção de responsabilidade social dos "espíritas" é tosca, igual a caridade paliativa que qualquer religião defende. Para muitos "espíritas" já é suficiente que indigentes recebam com relativa regularidade cestas básicas mal montadas que mal duram três semanas.
Nada se lê a respeito das trapalhadas cometidas pelo governo de Temer. Como se este não causasse preocupação nos "espíritas", o que comprova que a racionalidade dos seguidores do superest…

O Golpe comprova o fracasso do "Espiritismo" brasileiro

Os "espíritas" brasileiros vivem dizendo que estamos entrando em uma época de progresso, de avanços, de transformação. Trancados em seus templos (centros) e lendo obras surreais cheias de erros e mentiras, os "espíritas" há tempos se encontram divorciados do mundo real e pretendem julgar a realidade com base em suas ilusões igrejeiras, não raramente invertendo conceitos e soluções.
Eis que um fato ocorrido na manhã do dia 31 de agosto, que depôs, sem comprovação de crimes, uma presidente honesta para colocar corruptos e bandidos no lugar, prova que do contrário que "espíritas" dizem, estamos na verdade caminhando par trás, jogando na incineradora todas as lições que nos fariam melhores do que somos. Estamos dando um gigantesco passo para o passado, retomando valores nocivos vigentes na República Velha e no Brasil Colônia, justamente as épocas onde o "Espiritismo" brasileiro, com seus enxertos católico-medievais, se desenvolvia.
Ver entusiastas …

Aécio Neves vai conduzir o "Coração do Mundo"? Ou será Bolsonaro?

Agora que o "Espiritismo" brasileiro assumiu sua inclinação para a direita, já não precisa mais fingir defender a caridade. Basta continuar se limitando a sopinhas aguadas, agasalhos rasgados e a instituições de "caridade" que adotam a Escola sem Partido antes mesmo da oficialização de sua implantação, pelo espírito de Emmanuel reencarnado. Sim, porque os espíritos sérios garantiram que é esta a missão velho Manuel da Nóbrega redivivo. As ideias defendidas por ele não me deixam mentir.
E agora que se inicia o processo de expulsão dos petistas do poder para que se possa iniciar uma nova ditadura capitalista/medieval, e nas proximidades da fatídica data sugerida pelo semi-deus Chico Xavier em sua pseudo-profecia, analisando as circunstâncias poderemos dizer que provavelmente Aécio Neves, tão mineiro e tão retrógrado quanto o médium conterrâneo (há bolor neste queijo) será o condutor do "Coração do Mundo" previsto pelo médium.
Esqueçam o combate a corrupção…

O "Espiritismo" cada vez mais se mostra uma igreja de fé cega

Uma coisa que eu aprendi na vida é que onde há contradição não pode haver verdade e consequentemente confiança. E aos poucos essa seita que construíram com uma mistureba de reencarnação e vida espiritual com o mais retrógrado Catolicismo começa a mostrar para que veio. 
Uma religião que finge ser "caridosa", mas que em mais de 100 anos não conseguiu melhorar a situação dos brasileiros como um todo. Que finge ser científica para depois propor como "solução" para a crise apenas orações. Que vive bajulando Allan Kardec para depois seguir e defender ideias completamente contrárias às recomendadas pelo codificador. Afinal que "Espiritismo" é esse que os brasileiros insistem em seguir?
Obviamente a única coisa que favorece ainda a permanência desse "Espiritismo" pirata no Brasil é a ignorância de seus seguidores (diplomas e riqueza financeira não são sinônimos de inteligência) somada a rendição cega a estereótipos de bondade que na verdade não corres…

Velhos macartistas: eles estão entre nós...

Os "espíritas" adoram dar palpites sobre reencarnações anteriores. É muito mais divertido do que estudar a sério a doutrina e aprender de forma segura, objetiva e racional a identificar espíritos.  Já falaram muito que a maioria dos brasileiros é reencarnação de romanos do tempo de Jesus.
Inventaram também que as vítimas da boate da cidade de Santa Maria/RS eram  de nazistas. Inventaram até que os "espíritas" brasileiros eram reencarnação de franceses só para puxar o saco de Kardec, ignorando que não há traços da personalidade francesa na maioria dos brasileiros.
Mas, seguindo a recomendação de Allan Kardec, identificando os espíritos pelas características de personalidade e pelas ideias defendidas, percebe-se que boa parte dos brasileiros na verdade é de espíritos norte-americanos dos anos 40 e 50, no auge do Macarthismo, a famosa "caça às bruxas comunistas". Por isso que o direitismo está em alta no Brasil, com direito até a uma "Bíblia" sobr…

Falecimento de seres evoluídos e permanência dos atrasados é mais uma prova de que não entramos em Regeneração

Nesta série que tenta convencer os "espíritas", com provas sólidas, de que não estamos entrando em fase de Regeneração, aproveitamos para lembrar que do contrário do que eles acreditam, salvo exceções, a tendência tem sido do falecimento de pessoas mais evoluídas e permanência e reencarnação de pessoas mais atrasadas. Parece estranho mas é um fato facilmente observável na prática.
Se esquecem com frequência os "espíritas" do fato que os espíritos são atraídos por ideias afins. Para que haja o predomínio de espíritos evoluídos, o senso comum deve ser também evoluído. A sociedade como um todo deveria defender ideias evoluídas.
Na prática, acontece o oposto: estamos cada vez mais atrasados intelectualmente e moralmente e há o predomínio de ideias retrógradas e um desprezo pela intelectualidade. Nossos produtos e serviços estão cada vez piores e a cultura e educação demonstram incapacidade de oferecer algo que impulsione a sociedade para uma evolução. Resultado: estam…

Allan Kardec garante: ainda não estamos entrando em Regeneração. E tão cedo não vamos entrar

O "Espiritismo" brasileiro, essa quizumba doida que quiseram fazer com a doutrina codificada na França, vive isolada em seu mundinho maravilhoso construído dentro de centros "espíritas" pelo país afora. Seus fiéis comemoram a suposta mudança de categoria do planeta para a fase de "Regeneração" sem saber realmente de que se trata e ignorando que as mudanças de fases são muito lentas e graduais. Afinal, a Terra é um planeta muito jovem, ainda distante da vindoura "adolescência" planetária.
Na verdade esse papo de "Regeneração" é resultado da falta de estudos doutrinários sérios, do predomínio da fé sobre a razão e da má interpretação de pontos importantes da doutrina. A realidade comprova que, do contrário que os "espíritas" pensam, a Terra não só concluiu a sua entrada definitiva na categoria de Provas e de Expiações como ameaça, graças a muitos "interessados" a travar a condição de Planeta de Barbáries, categoria a…

Regeneração? Pode ir esperando...

O "Espiritismo" brasileiro sempre foi contraditório. Com base em suposições e na fé cega, nunca foi de fato racional, embora use a ciência apenas como um "cartório" para tentar legitimar os absurdos que defende. Mas como uma avalanche, sua capacidade de se contradizer, que só aumentava, pode ter alcançado níveis insuportáveis.
Uma doutrina que está totalmente desacreditada por classificar como "era de evolução" uma sociedade confusa, incapaz de raciocinar e de negociar e que praticamente todos se consideram donos da verdade a esnobar não apenas o pensamento alheio mas também a lógica dos fatos.
A evolução espiritual alardeada pelos que pensam ser "espíritas" está cada vez mais impossível de acontecer, o que mostra que Allan Kardec estava certo quando disse que a evolução é lenta e gradual. Estamos na verdade em um estágio muito inferior ao que pensamos estar. Mal concluímos a transição para a categoria de  "Provas e Expiação" correndo…

O que o "Espiritismo" está aprovando em sua guinada para a direita

O "Espiritismo" brasileiro nunca foi muito fiel a Kardec, este limitado a um "cartório" a autenticar os dogmas igrejeiros defendidos pela versão deturpada da doutrina. Entusiastas da caridade paliativa, os "espíritas" brasileiros nunca foram afeito a à verdadeira caridade, aquela que elimina de vez com as injustiças e com problemas duradouros.
A guinada para a direita, assumida recentemente por lideranças da doutrina após perceberem a suposta estabilidade do governo Temer, tem mais a ver com a versão deturpada da doutrina, já que a caridade direitista é justamente a paliativa, já que ideais de direita legitimam as injustiças, por acreditarem ser os ricos e poderosos, pessoas que mereceram estar nesta situação.
Faço aqui uma lista de valores que passaram a ser assumidos pela "espiritualidade superior" com a adesão direitista. Os que acreditam ser o "espiritismo" brasileiro uma doutrina avançada e altruísta irão se surpreender. mas é ju…

O perigo da adesão "espírita" ao golpe

Ontem publicamos um texto que afirma que finalmente os "espíritas" brasileiros assumiram sua adesão direitista. Acostumados a sempre estar do lado do poder vigente, sentiram "segurança" no governo Temer e resolveram apoiá-lo, transformando o patético 13 de março de 2016 em um marco.
Na citada data, uma espécie de reedição da famosa Marcha da Família com Deus pela Liberdade (da elite), bon-vivants e seus apoiadores,todos desinformados sobre política e fatos históricos, exigiram a saída de um partido trabalhista do governo em clima de carnaval, com patos gigantes e muitos trios-elétricos e personagens patéticos que agiam como animadores dessa plateia. 
Muitos carregaram faixas que faziam falsas denúncias com conteúdo surreal como pior exemplo as teses de que "os petistas tinham criado o mosquito da dengue como arma biológica" e "trazido o Estado Islâmico para o Brasil", além de outras asneiras do gênero. Tudo para tirar apenas um partido do poder, s…

"Espiritismo" brasileiro assume sua guinada à direita

1964: Acontece a manifestação político-religiosa de direita chamada "Marcha da Família com Deus pela Liberdade", com a participação da elite direitista, incluindo setores empresariais e religiosos, entre eles a Federação "Espírita" brasileira.
1971: Em entrevista para o talk show Pinga Fogo, Chico Xavier declara apoio irrestrito à ditadura militar na sua pior fase, alegando que ditadores e torturadores estavam "trabalhando para a construção de um reino de amor e de paz".
Contrariando o que diz a doutrina original ("fora da caridade não há salvação") codificada por Allan Kardec e as diretrizes sugeridas pelo livro Socialismo e Espiritismo, de Leon Denis, o "Espiritismo" brasileiro, uma doutrina de elite que defende a Teologia do Sofrimento, acaba definitivamente de assumir sua opção direitista, se colocando como apoiador da Bancada da Bíblia, liderada por cristãos conservadores desejosos de impor seus dogmas para a realidade cotidiana.
Os …

"Espiritismo" brasileiro: uma seita isolada

A recusa das lideranças "espíritas" a corrigirem seus erros doutrinários tem feito com que a forma deturpada do  "Espiritismo," praticada no Brasil, fosse sensivelmente criticada por blogs e fóruns na internet e contribuído por uma pequena mas considerável perda de adeptos que estão cansados de seguir uma "filosofia" que diz uma coisa e faz outra.
Mas por ter assumido um caráter religioso, o "Espiritismo" brasileiro ainda atraia muita gente protegida pela fata de discernimento que possui. Pois somente a irracionalidade permite que se aceite numa boa as contradições e erros aberrantes que fazem os "espíritas" brasileiros defenderem pontos de vistas claramente opostos aos descobertos por Allan Kardec nas pesquisas de codificação.

Graças a isso, o "Espiritismo" brasileiro acabou se isolando em centros e nos meios de comunicação que controlam. Dependem de estereótipos de bondade como escudos a proteger os deturpadores de críticas p…

"Espíritas" reagem com indiferença às cobranças pela honestidade doutrinária

O "Movimento Espírita", essa igreja que foi construída graças a má interpretação das obras de Kardec, sofre há um pouco mais de 10 anos críticas severas, mas sensatas, sobre toda a deturpação que acontece no movimento desde que se instalou no Brasil. Mas o prestígio de lideranças somado ao a ingenuidade de fiéis tem fortalecido a forma deturpada que mesmo com as críticas, segue firme e forte, embora tenha perdido gradativamente seus seguidores, aos poucos informados pelos erros cometidos.
Mas as lideranças desse "Espiritismo" pirata além de gozar de prestígio, gozam de poder e - mesmo que não assumam - de vantagens financeiras, que alegam que são para a caridade, mas nunca se percebe o resultado prático dessa ajuda. Como não querem perder essa "mamata", lançam mão de todos os artifícios para que a versão deturpada se mantenha forte e influente.

 Mas até agora não se viu uma reação explícita às críticas que vivem sofrendo, vinda de setores e instituições lig…

Evidências que mostram que "Espiritismo" brasileiro segue orientação política de direita

Brasileiros adoram estereótipos. Indispostos a analisar e verificar, preferem definir as coisas com base nas aparências e em características superficiais que nem sempre correspondem a realidade. Até mesmo os conceitos de maldade e bondade são baseados em estereótipos que podem fazer com que vilões e heróis sejam facilmente troados de posição no imaginário popular.
Muitos esquerdistas tem simpatia pelo "Espiritismo" brasileiro. Sem perceber a realidade que está por trás da versão deturpada da doutrina, acreditam eles que a mesma segue orientações de esquerda por praticar a caridade (paliativa) e ter (supostamente) a ciência como parceira.

Muita da admiração dos esquerdistas para a versão deturpada da doutrina vem da leitura de um famoso livro de Leon Denis, que apesar das boas intenções, não entendeu direito a doutrina, inserindo nela alguns absurdos. 
O livro se chama Socialismo e Espiritismo e é mesmo bem escrito e com a coerência de relacionar a doutrina de Kardec com ideais …

"Espíritas" brasileiros seguem Roustaing e não sabem

A má compreensão do Espiritismo Original acabou rendendo várias interpretações erradas. Noque deveria ser uma coisa só se desmembrou em várias "linhas de pensamento" pois ninguém está disposto a analisar como o codificador Allan Kardec havia feito em seu tempo.
No Brasil, preferiram não romper com o igrejismo cristão dominante e a doutrina já nasceu misturada, com muitos enxertos católicos que acabaram atraindo espíritos e encarnados que seguiam  Igreja dos padres, transformando o "Espiritismo" em um Catolicismo sem batina e com reencarnação.

Mal sabem todos que quem contribuiu muito para facilitar essa gororobização espírita foi o advogado francês Jean Baptiste Roustaing, o católico que queria dar pitaco e alterar o Espiritismo. Após a morte de Allan Kardec, os continuadores da doutrina, chateados por tanto estudo, interromperam os trabalhos de pesquisa e deixaram uma porta aberta para que Roustaing fizesse os seus estragos.
Os brasileiros adoraram Roustaing. Com iss…

"Espiritismo" e Teologia do Sofrimento: o oposto da bondade

Religiões adoram se associar a bondade. No "Espiritismo" brasileiro, totalmente deturpado, não é diferente. Mas algo contido na versão deturpada da doutrina que pões em cheque essa "vocação" pela bondade: a terrível Teologia do Sofrimento.
Surgida na era medieval, mas esquematizada e difundida por Teresa de Lisieux, a Teologia do Sofrimento sugere que a dor é o caminho para a evolução. Não a luta para eliminar a dor, o que seria lógico, mas a dor em si. Ficar se contorcendo no chão gemendo de dor, para os entusiastas dessa ideologia é um "privilégio".

É uma ideologia cruel, mas que atrai muitos adeptos - entre os não-sofredores, é claro! - pois os dispensa de ajudar as pessoas, o que exigiria esforço, custos e abnegação. Legal. É deixar o miserável no "privilégio" de sua desgraça e acreditar que ele está na "dianteira" da evolução, só porque geme sem parar.
Dois ícones que infelizmente foram consagrados como sinônimos de bondade máxima, m…

Não existe vários Espiritismos. Espiritismo é um só. O de Kardec

Como o fortalecimento do Espiritolicismo, forma deturpada do Espiritismo que é bem forte no Brasil,  aparece uma discussão entre os vários seguidores da doutrina: existe vários tipos de Espiritismo?
Enquanto os seguidores fiéis a Kardec acusam os seguidores de Chico Xavier de místicos, os seguidores do médium mineiro acusam os seguidores que querem retomar as origens kardecianas de ortodoxos. A partir disso surge a discussão sobre a possibilidade do Espiritismo ter várias vertentes.

Jorge Murta até fez uma interessante postagem a respeito, que pode ser  lida aqui. Mas mesmo com uma divisão muito bem explicada, afirmamos que a sugestão de Murta é somente uma hipótese. Espiritismo, na verdade só e somente o de Kardec.
Kardec, além de ter criado o termo que deu o nome a doutrina, estabeleceu um conjunto de teses confirmadas após muito estudo de material pesquisado através de muitas visitas a casas de médiuns, que eram somente tratados como objeto de estudo (não como líderes …

Aversão a aborto e a eutanásia são enxertos católicos

Os brasileiros que pensam que são "espíritas" sabem muito bem que a igreja deles, sem qualquer base científica, condena o aborto e a eutanásia, mesmo quando elas se tornam necessárias. Pensam os "espíritas" brasileiros que isso é um "atentado a vida" e "insubmissão" ao velhinho de barba branca* que eles chamam de "Deus".
Na verdade essa aversão ao aborto e a eutanásia, não são do Espiritismo original, que diz que "tudo é permitido, mas nem tudo é conveniente". A aversão a essas tentativas de morte necessária foram importados pelo Catolicismo inserido na versão brasileira - e deturpada - da doutrina, fundada por dissidentes católicos, orientada por espíritos de padres, madres e similares e cujo maior "líder", Chico Xavier, era católico fanático praticante e nunca largou a sua crença, preferindo aumentar o repertório de enxertos.

Avessos a ciência, embora adorem bajulá-la, os "espíritas" se limitam argumentos …

Condenar o suicídio é muito fácil. Quero ver resolver o problema que o causaria e evitá-lo

Uma das coisas que nunca concordei, mesmo na minha fase de fé cega é a cruel reprovação que o "Espiritismo" dá ao suicídio. Ao invés de encarar o ato infeliz como uma atitude desesperada de quem tentou resolver algum problema grave e não conseguiu, os "espíritas" tratam como um crime hediondo e um ato de insubmissão ao velhinho de barba que eles chamam de "Deus".
É uma falta de respeito com os suicidas. O "Espiritismo" transformado no Brasil em mais uma seita de fé cega, como tantas outras, possui muitas contradições. Falam em bondade com insistência, mas não praticam a bondade que se esperaria deles. Desrespeitar o suicida é como um senhor que acorrenta o seu escravo e o obriga a viver acorrentado sem o direito de encerrar o seu sofrimento ou a sua vida infeliz.

Para os "espíritas" é muito fácil condenar o suicida. Não exige nenhum esforço em julgar e condenar equivocadamente alguém que faz o que não queremos que seja feito. O sofredor …