Pular para o conteúdo principal

"Espiritas" decidem se afundar junto com João Dória

João Dória está com a reputação mais do que destruída. Após ver desmentida sua fama de "bom gestor" através de uma empresa improdutiva que só serve para marca encontros de empresários, mostrando que o real talento de Dória é na publicidade e não na Gestão, o prefeito de São Paulo, eleito na onda neo-conservadora de 2016, se afunda cada vez mais após abandonar literalmente a cidade para se ocupar de uma natimorta campanha presidencial para 2018. Afinal, quem elegeria para presidente do Brasil um prefeito que abandonou a maior cidade do país?

E os "espíritas", que abandonaram toda a ideologia compilada cautelosamente por Allan Kardec, trocando por um código de moral mais que duvidoso, acrescido da medonha Teologia do Sofrimento, que alega que o caminho mais rápido para a evolução espiritual é através da dor, por maior e mais insuportável que ela seja, caindo e nítida decadência, se aliam ao decadente João Dória para se manter e obter algum benefício.

Dória se utilizou dos "espíritas" para lançar o que ele chama de "ração humana". Bom, o que é a "ração humana"? É um engodo processado que une uma mistura de alimentos sem procedência informada, vários fora do prazo, para ser entregue como "alimento" aos mais carentes. Especialistas reprovaram a tal "ração" e classificam sem medir palavras de uma "lavagem de porco processada", pois não passa de um alento processado com restos de comida.

O lançamento da gororoba ocorreu na edição paulista do evento "Você e a Paz", comandado pelo líder "espírita" Divaldo Franco, famoso por "saber tudo". Sabemos que o "Espiritismo" brasileiro apoiou o golpe e se agarrou de uma vez só à Teologia do Sofrimento após ver as medidas anti-humanas aprovadas por Temer e seus parlamentares sendo aprovadas. 

O apoio de Divaldo a uma gororoba reprovada por nutricionistas mostra a irresponsabilidade de uma liderança que é tida como "o homem vivo mais evoluido intelectualmente e moralmente da humanidade atual". Divaldo, como sempre faz com autoridades, nunca fez qualquer tipo de cobrança a Dória, pois até os postes da cidade sabem que Dória é ua farsa e abandonou a cidade para cuidar de seus interesses pessoais.

É uma vergonha ver que a doutrina que sempre fingiu ser progressista (fingimento que blinda os "espíritas" perante os esquerdistas, que nunca falaram mal da falsa doutrina) apoia iniciativas horrendas como esta, achando que lavagem de porco processada (com o que, nem se sabe) poderá salvar os mais pobres. Quando se sabe que a ideologia política seguida por Dória tem como objetivo matar pobres para que somente os rico permaneçam no planeta. Há algo de podre nesta ração.

O que podemos concluir é que com o apoio de Divaldo a uma medida tão nefasta, tira a mascará de "tutor da humanidade" e "sábia liderança humanitária", pois quem realmente é sábio, ao invés de apoiar uma iniciativa tão nefasta, puxaria a orelha de Dória, cobrando porque ele não faz mais pela sociedade inteira, criando meios para que todos sejam dignos através de uma melhor distribuição de renda, bens e direitos?

Como o apoio ao golpe e aos golpistas, o "Espiritismo" brasileiro desmente seu dogma de evolução regeneradora e isolada em sua realidade paralela, afasta cada vez mais seguidores e se prepara para um fracasso retumbante que promete extinguir de vez a Igreja dos Espíritos na qual se transformou.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os diversos tipos de espíritas

De fato, o Espiritismo não possui divisões. Ou pelo menos não deveria ter. Mas como os estudos de Kardec não foram continuados e em seu lugar apareceu a fé cega de um religiosismo irresponsável, muitas linhas acabaram surgindo, já que cada espírita ou pseudo-espírita entendeu de defender seu ponto de vista pessoal, sem usar o raciocínio para analisar friamente os pontos da doutrina. Resultado: vários tipos de "espíritas" começaram a aparecer, cada um com seu interesse próprio.
Listo aqui os tipos de espíritas e pseudo-espíritas que existem com base no que observei. Cada tipo é seguido por um comentário meu. Antes que gere qualquer polêmica, eu repito: é com base em observações que eu fiz. Apesar de eu ter usado a lógica para definir cada uma, pode aparecer alguém que discorde. Que cada um faça a sua lista. Agora, vamos a minha lista.
Espírita Original, Espírita Verdadeiro ou Espírita Kardecista - São os espíritas originais ou verdadeiros, fiéis às obras da codificação e que pr…

Robson Pinheiro exalou ódio onde deveria haver amor

Há um lema nas religiões cristãs que pede para não julgar. Robson Pinheiro, médium que escreveu vários livros de relativo sucesso, resolveu ignorar esta máxima e escreveu livros que demonstram um ódio irresponsável anti-esquerda acusando de criminosos, sem análise, sem provas e sem ouvir o outro lado, políticos democráticos, mas alheios a suas convicções pessoais, numa atitude de fazer Jesus de Nazaré ficar com imensa vergonha.
Após escrever o verdadeiro lixo literário O Partido, na tentativa de "jogar na conta dos espíritos" a mentira infelizmente difundida e repetida, nos moldes do nazista Goebbels, que criminaliza os integrantes do Partido dos Trabalhadores e aliados. Este livro já foi o suficiente para dar a sua "contribuição divina" para estragar a reputação da esquerda e Pinheiro quis mais. Escreveu outro que sugere que o Foro de São Paulo, grupo que reúne os esquerdistas do estado, seja uma máfia. 
Robson Pinheiro, além de demonstrar completo desconheciment…

Vai ficar complicado para Divaldo Franco após o caso da farinata de João Dória

Embora todos estão com um cuidado detalhado para tentar proteger Divaldo Franco de sua reputação após ceder o evento que lidera, o "Você e a Paz" para o lançamento do estranho alimento conhecido como "farinata", não há um argumento lógico que preserve toda a mitologia construída em torno do líder "espírita" e suposto médium.
Analisamos algumas hipóeteses que poderiam servir de justificativa para alguém considerado como uma divindade viva, com embutidas qualidades de sabedoria perfeita e bondade infinita, embora a prática tenha provado que tais qualidades senão inexistentes, residem no suposto médium de forma rudimentar.
Vamos imaginar algumas situações e verificaremos que em nenhuma delas Divaldo consegue salvar a sua reputação de "perfeição máxima", tendo se conformar com o prestígio de uma mera liderança que é simpática a seus seguidores.
1. Divaldo não conhecia João Dória e sua farinata: - Mito derrubado: o de paranormal conhecedor de tudo
Div…