Pular para o conteúdo principal

O que o "Espiritismo" está aprovando em sua guinada para a direita

O "Espiritismo" brasileiro nunca foi muito fiel a Kardec, este limitado a um "cartório" a autenticar os dogmas igrejeiros defendidos pela versão deturpada da doutrina. Entusiastas da caridade paliativa, os "espíritas" brasileiros nunca foram afeito a à verdadeira caridade, aquela que elimina de vez com as injustiças e com problemas duradouros.

A guinada para a direita, assumida recentemente por lideranças da doutrina após perceberem a suposta estabilidade do governo Temer, tem mais a ver com a versão deturpada da doutrina, já que a caridade direitista é justamente a paliativa, já que ideais de direita legitimam as injustiças, por acreditarem ser os ricos e poderosos, pessoas que mereceram estar nesta situação.

Faço aqui uma lista de valores que passaram a ser assumidos pela "espiritualidade superior" com a adesão direitista. Os que acreditam ser o "espiritismo" brasileiro uma doutrina avançada e altruísta irão se surpreender. mas é justamente o que está contido no perfil ideológico dos políticos que assumiram o governo nestes últimos meses. A direita nunca foi altruísta de fato.

E um aviso importante: se os "espíritas" pensam que estamos avançando, indo rumo a "fase de regeneração, evidências comprovam justamente o oposto: estamos cainhando para trás, preservando erros e problemas, criando novos e ressuscitando erros antigos. Não dá para avançar na evolução espiritual errando com continuidade e teimosia.

Olhem agora o que o "Espiritismo" passou a aprovar:

- Doutrinas trabalhistas que pretendem que o bem estar seja direito de todos não prestam. O que vale são doutrinas baseadas na competitividade selvagem que reserva bem estar apenas aos "vencedores".

- O erro de Dilma foi ser de esquerda. Por isso ela mereceu sair para que um representante das elites voltasse ao poder.

- Trabalhadores não têm direitos. Se quiserem algum direito terão que sofrer para conseguir.

- Empresário nunca erram. Confiemos cegamente na capacidade de auxílio que eles possuem e estaremos tranquilos.

- Somente partidos de esquerda são corruptos. As complexas transações financeiras dos capitalistas estão sempre corretas e justas, mesmo que "aparentemente" irregulares.

- A má distribuição de renda que enriquece ricos e empobrece pobres é justa.

- A caridade tem que ser paliativa. Pobres nunca devem ser educados para serem líderes de alguma coisa, apenas para ser "artistas" ou atletas.

- Os líderes capitalistas tem o direito irrevogável de decidirem o que fazer conosco. As suas ordene devem ser obedecidas sem contestação.

- Ateus não merecem respeito. Até forem "convertidos", perderão direitos importantes.

- A mídia oficial é representante do povo e por isso só fala a verdade, graças a responsabilidade de narrar apenas o que é fato.

- Não há mal algum em entregar a riqueza brasileira a grupos estrangeiros pois estes "sabem cuidar melhor dos bens que recebem".

- Negros, gays, mulheres e minorias devem se submeter as outras classes, pois nunca passaram de meros degredados.

- Deus existe, é humano e masculino (só que espiritual) e como perfeição absoluta, nunca erra e deve ser sempre obedecido automaticamente. O governo que se instala, por assumir cristão, só faz coisas certas e por isso tem que se obedecido.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os diversos tipos de espíritas

De fato, o Espiritismo não possui divisões. Ou pelo menos não deveria ter. Mas como os estudos de Kardec não foram continuados e em seu lugar apareceu a fé cega de um religiosismo irresponsável, muitas linhas acabaram surgindo, já que cada espírita ou pseudo-espírita entendeu de defender seu ponto de vista pessoal, sem usar o raciocínio para analisar friamente os pontos da doutrina. Resultado: vários tipos de "espíritas" começaram a aparecer, cada um com seu interesse próprio.
Listo aqui os tipos de espíritas e pseudo-espíritas que existem com base no que observei. Cada tipo é seguido por um comentário meu. Antes que gere qualquer polêmica, eu repito: é com base em observações que eu fiz. Apesar de eu ter usado a lógica para definir cada uma, pode aparecer alguém que discorde. Que cada um faça a sua lista. Agora, vamos a minha lista.
Espírita Original, Espírita Verdadeiro ou Espírita Kardecista - São os espíritas originais ou verdadeiros, fiéis às obras da codificação e que pr…

Robson Pinheiro exalou ódio onde deveria haver amor

Há um lema nas religiões cristãs que pede para não julgar. Robson Pinheiro, médium que escreveu vários livros de relativo sucesso, resolveu ignorar esta máxima e escreveu livros que demonstram um ódio irresponsável anti-esquerda acusando de criminosos, sem análise, sem provas e sem ouvir o outro lado, políticos democráticos, mas alheios a suas convicções pessoais, numa atitude de fazer Jesus de Nazaré ficar com imensa vergonha.
Após escrever o verdadeiro lixo literário O Partido, na tentativa de "jogar na conta dos espíritos" a mentira infelizmente difundida e repetida, nos moldes do nazista Goebbels, que criminaliza os integrantes do Partido dos Trabalhadores e aliados. Este livro já foi o suficiente para dar a sua "contribuição divina" para estragar a reputação da esquerda e Pinheiro quis mais. Escreveu outro que sugere que o Foro de São Paulo, grupo que reúne os esquerdistas do estado, seja uma máfia. 
Robson Pinheiro, além de demonstrar completo desconheciment…

Adversários tradicionais e críticos recíprocos uns dos outros, "espíritas" e neo-pentecostais se unem na onda de ódio conservador

Um fenômeno interessante acontece no Brasil de hoje. Dois grupos religiosos conservadores, mas que se acostumaram a criticar um ao outro, resolveram se unir, sem assumir nem perceber, sob o mesmo ponto de vista equivocado nesta triste onda de ódio neo-conservador. Bom lembrar que ambos se consideram "do bem" e falam "em nome do amor".
Tanto os espíritas (de Allan Kardec), os "espíritas" (de Chico Xavier) e os neo-pentecostais e alguns evangélicos em geral, assumiram uma postura altamente preconceituosa contra pessoas que defendem ideais progressistas e uma maior justiça social. 
Não raramente agem de forma agressiva, lançam mão de calúnias e difamações e demonstram indispostos a qualquer foma de diálogo, acusando seus opositores sob o mais repugnante falso testemunho, provando que dependendo dos interesses, as lições de Jesus, mestre de ambas as tendências, podem ser literalmente jogadas no lixo.
Para legitimar sua agressividade ignorante, resultante da …