Pular para o conteúdo principal

Respostas do quiz de ontem

Muita gente não sabe, mas o Espiritismo praticado no Brasil nada tem a ver com o Espiritismo codificado por Allan Kardec, este limitado a um mero nome para servir de cartório de autenticação. O que os brasileiros conhecem como "Espiritismo" é na verdade uma gororoba igrejista baseada na fé cega, com muitos enxertos do Catolicismo, além de muitas fantasias sem sentido, que mostram uma má compreensão do que é o mundo espiritual, geralmente moldado à semelhança dos planos materiais.

Aqui estão as respostas do quiz que fizemos ontem. Muita gente deve ter errado pois as respostas certas estão bem longe do que as pessoas acreditam como "Espiritismo" no Brasil. Surpreendeu?

1) Porque Allan Kardec usa "o QUE é" para se referir a Deus no Livros dos Espíritos?
d) Sabia que a força superior não era uma pessoa, um espírito ou algum tipo de individualidade.
- Seria muito estranho se a humanidade inteira do Universo estivesse submetida aos interesses de um ser personalizado, seja em forma de pessoa, espírito ou qualquer tipo de individualidade. Kardec sabia disso e fez a pergunta desta forma, que foi respondida coerentemente pelos espíritos sábios.

2) Qual desses pode ser considerado o maior espírita brasileiro?
d) José Herculano Pires.
- Herculano foi quem melhor compreendeu e quem melhor transmitiu a doutrina no Brasil, mantendo fidelidade às ideias de Kardec e lutando contra qualquer tipo de deturpação.

3) O Espiritismo brasileiro pretende ser a única religião do mundo. Para isso, ele...
d) Mistura enxertos de outras crenças criando uma gororoba ecumênica.
- Cada um puxa a brasa para a sua sardinha. Todas as religiões pretendem ser donas da verdade e a forma estranha de Espiritismo praticada no Brasil não deveria ser diferente. Interpretando de forma errada o respeito que Kardec pretendia ter com outras formas de crença, a versão deturpada tratou de absorver todo tipo de dogmas estranhos com o objetivo final de criar um ecumenismo que seria a religião de todo mundo. Todos juntos na fé cega que acredita - mas não compreende - a reencarnação. 

4) Data Limite, a tese sobre evolução espiritual lançada por Chico Xavier falava que o norte mundial seria destruído para facilitar o desenvolvimento intelectual e moral da humanidade. Detalhe: fatos comprovam que o extremo norte da Europa, numa área conhecida como Escandinávia, o senso de moral e o desenvolvimento intelectual são muitíssimo elevados, do contrário do que acontece no Brasil, o suposto líder mundial segundo a citada profecia. Onde está a coerência disso?
b) A "profecia" de Chico Xavier não passa de um sonho inocente que não se realizará.
- O festival de absurdos contido na suposta profecia do médium transformado em profeta e a falta de confirmação prática só leva a conclusão de que foi apenas um delírio do inocente mineiro, idolatrado pela fé cega dos que não possuem um nível de raciocínio desenvolvido. Tolice que merece ser desprezada.

5) Quem foi André Luiz, um dos mais influentes espíritos na versão brasileira da doutrina?
e) Personagem criado por Waldo Vieira.
- Dois fatores confirmam isso: o fato dos livros terem sido escritos em sua maioria durante a parceria de Chico com Waldo e o pseudo-cientificismo de André Luiz tem muito da Concienciologia, versão brasileira da Cientologia, fundada por Waldo após ele se desentender com a FEB.

6) O Espiritismo brasileiro sempre superestimou o Brasil, numa adaptação a teoria do "povo escolhido" comum em outras crenças. O que significa o Brasil e os brasileiros para o verdadeiro Espiritismo?
e) Nada. Espírito não tem pátria e o Brasil é um insignificante país, dividido por homens encarnados e que faz parte de um pequeno planetinha, um pequeno ponto no infinito, ainda bastante atrasado e jovem, com muitas coisas para aprender e quase nada a ensinar.
- Será que os devotos de Chico Xavier são tão burros, a ponto de ignorarem que países são divisões políticas feitas por homens encarnados e que podem ser criados, extintos, ampliados, encolhidos, fundidos e divididos? Há muito de materialismo na versão brasileira de Espiritismo, criando um mundo espiritual à imagem e semelhança do material.

7) O Espiritismo é praticado corretamente pelos brasileiros?
c) Não, porque faltou estudar Kardec e confrontar dados com a lógica das ciências.
- Preguiça, medo ou antipatia por Kardec podem estar entre os motivos que afastam os supostos espíritas brasileiros das obras de Kardec. Claro, a pieguice de Chico Xavier, o bom velhinho, acompanhado de seus espíritos picaretas, soa mais agradável e não exige nenhum esforço intelectual. Evolução espiritual zero.

8) O que Chico Xavier, de formação católica, estava fazendo no Espiritismo?
e) Foi um intruso que levou a fé cega do Catolicismo para ser absorvida pela doutrina.
- Quem diz isso não sou eu, são as biografias oficiais, aquelas que não contem fantasias tolas que embutem poderes sobrenaturais ao médium ingênuo transformado em profeta maior. Xavier sempre foi católico, nunca estudou de fato o Espiritismo, praticava mediunidade irresponsável e morreu tão católico quanto entrou. Isso explica os muitos enxertos católicos inseridos na versão brasileira da doutrina, estragando-a totalmente.

9) De que se trata a obra "Nosso Lar"?
a) Uma obra de ficção escrita por encarnados.
- Uma obra ruim de ficção científica que poderia ser lida como entretenimento, mas é vista pelos incautos como obra doutrinária, confundindo muitas inocentes cabeças. Dispensável como cultura e mais ainda como instrução doutrinária. Procurem literatura de melhor qualidade.

10) As obras psicografadas são o suficiente para entender o Espiritismo?
d) Não, porque é necessário estudo com as obras de Allan Kardec, além de que muitas obras psicografadas são didaticamente erradas, ditadas por espíritos equivocados ou não psicografadas.
- Não mesmo. Muita bobagem é produzida, seja por escritores enganados ou enganadores, com o apoio ou não de espíritos mistificadores e gozadores, que fingem entender a doutrina para imporem seus pontos de vista. Muitas dessas obras, infelizmente são lançadas para gerar renda aos seus autores encarnados, o que não seria errado se fosse assumido de verdade. 

11) Porque o Espiritismo brasileiro fala muito em Evangelho?
b) Porque a influência Católica no Espiritismo brasileiro é predominante.
- Os "espíritas" brasileiros sempre arrumam um jeito de fugir de Allan Kardec. E como o Catolicismo é a religião oficial do Brasil, muitos não acham boa ideia romper com a ICAR, preferindo assimilar muitos  de seus dogmas e juntar ou adaptar com ideias sobre reencarnação. Para eles, o Evangelho é muito mais importante que qualquer obra da codificação, incluindo aquela que analisa o Evangelho de forma objetiva, entendida pelos incautos como uma "tradução" do Evangelho feita para a doutrina.

12) Centros Espíritas são protegidos de energias negativas?
e) Não. Nada é garantido. Se as pessoas têm intelecto e moral atrofiados e não cuidam de seu pensamento, as influências negativas podem chegar aos centros, sim.
- Centros são lugares como outros quaisquer. A sintonia depende do estado mental dos presentes e do que é falado. No Espiritismo brasileiro, como são ditas muitas bobagens, não havendo estudo sério, não espere as mais elevadas energias em ambientes como centros espíritas. Mas fácil haver energias melhores em bibliotecas e laboratórios científicos.

13) Centros Espíritas são os melhores lugares para se estudar a doutrina?
d) Não. Não existe lugar pré-determinado para estudo, além dos centros deturparem tudo para uma visão mais igrejista.
- Pelo contrário, são os piores lugares para compreender os pontos da doutrina, pois deturpam o Espiritismo em prol de um religiosismo bobo. É melhor cada um escolher um lugar sossegado e estudar as obras originais de Kardec, se possível debatendo com quem estiver interessado na verdadeira doutrina espírita e não esse engodo inventado por Bezerra-Chico-Divaldo e seus "mentores".

14) Médiuns podem ser líderes e mestres?
d) Não. A função deles é apenas servir de intermediários e de ser objetos de estudo.
- Péssima ideia transformar meros intermediários em líderes e mestres. Isso é uma irresponsabilidade comparável a entregar a Presidência da República a um recém-nascido. Resultado: estrago total.

15) Espíritos de máxima evolução podem viver entre nós aqui  na Terra?
e) Não. Porque a natureza do planeta não permite. O que entendemos como "superiores" estão apenas em um nível de evolução consecutivamente acima do nosso, mas ainda adequados a condição geral da Terra.
- Não é preciso falar mais. Esta alternativa explica tudo. Espíritos superiores são para planetas superiores. Cada macaco no seu galho e assim vamos caminhando para a evolução, ainda inferiores nas provas e expiações. Um dia seremos superiores, mas vai demorar. O mesmo para espíritos que vivem neste planeta.

16) Mães de filhos mortos se desesperam e procuram centros para receber informações ou mensagens dos filhos que se foram. Porque isso não é correto?
d) Todas as alternativas acima.
- As mães deveriam aceitar melhor a morte de seus filhos, entendendo que a condição de maternidade é material e provisória, se limitando a esta encarnação. Elas não são donas de seus filhos e seu desespero pode ser perigoso transformando as comunicações em verdadeiras tábuas Ouija. Com a morte, filhos deixam de ser filhos, apesar de manterem o afeto conquistado na condição de filhos. É para isso que serve a maternidade: uma excelente experiência criada para estreitar afetos entre espíritos. Nada além disso.

17) Devemos dispensar a evolução intelectual para o desenvolvimento do espírito?
c) Não. O desenvolvimento intelectual é indispensável e fortalece o desenvolvimento moral e emotivo.
- É a intelectualidade que nos faz diferentes de qualquer ser. Como vamos dispensar essa grande prerrogativa? Além disso é mais que provado que o intelecto desenvolvido favorece o lado emocional, que é melhor direcionado, gerando um altruísmo mais responsável e de resultados mais qualitativos.

18) Toda a humanidade será espírita?
d) Não. Porque religiões são mitologias, portanto fantasias. Com a maturidade intelectual, a fé cega dará lugar a razão, baseando na observação e análise dos fatos. Futuramente, todos serão irreligiosos.
- Mais uma das muitas bobagens que os brasileiros inventam por não compreenderem melhor o Espiritismo, que nunca foi uma religião, uma seita. Era para ser uma ciência que estudasse tudo aquilo que ia além do que conhecemos como matéria, função que, pelo que parece, acabou entregue a Física Quântica. Na verdade a religiosidade é uma ilusão. Com a maturidade, abandonaremos as divindades, criaturas tão reais quanto personagens de histórias em quadrinhos.

19) Jesus seria espírita?
c) Não, pois o negócio de Jesus não era religião e sim o ativismo social.
- A existência de Jesus ainda não foi confirmada, embora muitos pesquisadores ainda estejam a procura de um Jesus histórico. Mas uma coisa é certa, se ele realmente existiu, nunca teria sido líder religioso e sim um ativista social. O Catolicismo é que o "sequestrou" e o transformou em um mito moldado a favor dos interesses dos sacerdotes e líderes religiosos que o criaram. Jesus não seria de nenhuma religião, preferindo pregar a lógica e o bom senso, não raro se aliando a cientistas e outros ativistas sociais e até políticos.

20) A caridade defendida pelo Espiritismo brasileiro tem dado resultado?
b) Não, porque a caridade defendida é a paliativa. A caridade verdadeira é mais racional e transgressora.
- A manutenção dos problemas, erros, injustiças, desigualdades vistas no cotidiano provam que o Espiritismo brasileiro é um engodo a iludir mentes tolas. Sua caridade nada fez pela sociedade, servindo muito mais de forma de agregar mais "ovelhas para o rebanho" criando uma espécie de dependência entre as pessoas carentes e as instituições que as "ajudam".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os diversos tipos de espíritas

De fato, o Espiritismo não possui divisões. Ou pelo menos não deveria ter. Mas como os estudos de Kardec não foram continuados e em seu lugar apareceu a fé cega de um religiosismo irresponsável, muitas linhas acabaram surgindo, já que cada espírita ou pseudo-espírita entendeu de defender seu ponto de vista pessoal, sem usar o raciocínio para analisar friamente os pontos da doutrina. Resultado: vários tipos de "espíritas" começaram a aparecer, cada um com seu interesse próprio.
Listo aqui os tipos de espíritas e pseudo-espíritas que existem com base no que observei. Cada tipo é seguido por um comentário meu. Antes que gere qualquer polêmica, eu repito: é com base em observações que eu fiz. Apesar de eu ter usado a lógica para definir cada uma, pode aparecer alguém que discorde. Que cada um faça a sua lista. Agora, vamos a minha lista.
Espírita Original, Espírita Verdadeiro ou Espírita Kardecista - São os espíritas originais ou verdadeiros, fiéis às obras da codificação e que pr…

Robson Pinheiro exalou ódio onde deveria haver amor

Há um lema nas religiões cristãs que pede para não julgar. Robson Pinheiro, médium que escreveu vários livros de relativo sucesso, resolveu ignorar esta máxima e escreveu livros que demonstram um ódio irresponsável anti-esquerda acusando de criminosos, sem análise, sem provas e sem ouvir o outro lado, políticos democráticos, mas alheios a suas convicções pessoais, numa atitude de fazer Jesus de Nazaré ficar com imensa vergonha.
Após escrever o verdadeiro lixo literário O Partido, na tentativa de "jogar na conta dos espíritos" a mentira infelizmente difundida e repetida, nos moldes do nazista Goebbels, que criminaliza os integrantes do Partido dos Trabalhadores e aliados. Este livro já foi o suficiente para dar a sua "contribuição divina" para estragar a reputação da esquerda e Pinheiro quis mais. Escreveu outro que sugere que o Foro de São Paulo, grupo que reúne os esquerdistas do estado, seja uma máfia. 
Robson Pinheiro, além de demonstrar completo desconheciment…

Adversários tradicionais e críticos recíprocos uns dos outros, "espíritas" e neo-pentecostais se unem na onda de ódio conservador

Um fenômeno interessante acontece no Brasil de hoje. Dois grupos religiosos conservadores, mas que se acostumaram a criticar um ao outro, resolveram se unir, sem assumir nem perceber, sob o mesmo ponto de vista equivocado nesta triste onda de ódio neo-conservador. Bom lembrar que ambos se consideram "do bem" e falam "em nome do amor".
Tanto os espíritas (de Allan Kardec), os "espíritas" (de Chico Xavier) e os neo-pentecostais e alguns evangélicos em geral, assumiram uma postura altamente preconceituosa contra pessoas que defendem ideais progressistas e uma maior justiça social. 
Não raramente agem de forma agressiva, lançam mão de calúnias e difamações e demonstram indispostos a qualquer foma de diálogo, acusando seus opositores sob o mais repugnante falso testemunho, provando que dependendo dos interesses, as lições de Jesus, mestre de ambas as tendências, podem ser literalmente jogadas no lixo.
Para legitimar sua agressividade ignorante, resultante da …